Em média, fazemos cerca de 12 ciclos (de inspiração e expiração) respiratórios por minuto, e mais do que isso em momentos de tensão ou atividade física. Mas podemos desacelerar esse ritmo de forma atenta.

Respirar de forma relaxada e lenta pelo nariz tem benefícios comprovados, trazendo equilíbrio e sensação de vitalidade. Além de prestar mais atenção na nossa respiração, podemos ser conscientes em corrigir ou desenvolver novos padrões quando necessário.

Vamos tentar? A primeira forma é simplesmente desacelerando e equilibrando a respiração. Tente respirar inalando e exalando com a mesma duração, fazendo cerca de 6 ciclos (inspiração e expiração) por minuto.

Comece contando silenciosamente até 4 durante a inalação e a exalação. Repita por, pelo menos, 2 minutos.Tente ampliar a duração das inalações e exalações para uma contagem de 6 cada uma e veja como se sente ao final de dois minutos

A respiração nasal rítmica lenta e relaxada permite maior movimento do diafragma, músculo que separa a cavidade torácica da abdominal. Esse movimento ativa o fluxo do sistema linfático, contribuindo para a eliminação de toxinas. O movimento do diafragma também modula a atividade do nervo vago, o maior nervo craniano que conecta o nosso encéfalo ao intestino, e desta interação vêm vários outros benefícios. O vago é o principal componente do nosso sistema nervoso autônomo parassimpático, que induz relaxamento e contrapõe e equilibra a atividade do sistema simpático, que leva à ativação, vigilância e hiperatividade não apenas da mente, mas também dos sistemas cardiovascular e respiratório.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s