As gorduras são parte essencial de uma alimentação saudável. Algumas delas como as polinsaturadas estão associadas a redução de mortalidadebenefícios para saúde cardiovascular, redução de parâmetros inflamatórios, melhora cognitiva e até mesmo emagrecimento.

Por outro lado, outros tipos como as gorduras trans são consideradas carcinogênicas e evidências muito robustas já demonstraram que são extremamente nocivas para a saúde. Já as gorduras saturadas são alvo de debate e estudos científicos melhor conduzidos apontam que devem ser consumidas com moderação, embora não sejam mais vistas como nocivas.

Para saber quais são as gorduras que devemos evitar, quais são as que trazem benefícios e como consumi-las precisamos primeiro entender a confusão de termos que existem para descrevê-las:

A maior parte (95%) das gorduras (ou lipídios) são formados por triglicerídeos, pois possuem 3 ácidos graxos diferentes em sua estrutura. Dependendo de aspectos químicos de sua estrutura e como são consumidos, podem ser considerados benéficos ou nocivos.

Entre os parâmetros químicos que impactam o efeito das gorduras no organismo está a presença ou ausência de insaturações, termo usado para descrever ligações duplas entre os carbonos dos triglicerídeos: Ácidos graxos saturados não possuem estas ligações, enquanto insaturados possuem uma (monoinsaturados) ou mais de uma (polinsaturados) insaturações/ligações. Dependendo ainda de onde estão essas insaturações, podem ainda ser classificados como ômega-3 (se ela estiver entre o carbono 3 e 4) ou ômega-6 (se estiver entre o 6 e o 7). Ômega-9 segue o mesmo princípio. Enquanto ômega-3 e -6 são polinsaturados, pois além da posição da insaturação que lhe dá nome possuem outras insaturações, -9 é monoinsaturado.

Já o termo trans é baseado em outro aspecto químico, o isomerismo. Enquanto a maior parte das gorduras de origem natural são cis (oposto de trans), gorduras processadas artificialmente (ditas hidrogenadas) são majoritariamente trans. Infelizmente, mesmo uma gordura polinsaturada que normalmente é benéfica para o organismo, se é trans, passa a ser extremamente nociva. Fique atento para os rótulos e embalagens dos alimentos.

 

 

2 pensamentos

  1. Pingback: Ovos • Longety

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s